Sermões

Culto Evangelístico

Desperdiçando a Alma

Lucas 15.11-24
A parábola do filho pródigo talvez seja a mais conhecida parábola do Senhor. Porém a maioria das pessoas não percebe o quão semelhantemente ela retrata o trajeto da vida de todos nós, quando nos esquecemos da alma, mas também quando buscamos e encontramos a Cristo de maneira pessoal.
Culto de Ensino

Cinco Aspectos da Vida Apostólica

Atos 20.1-13
Esta mensagem mostra que Paulo tinha metas e objetivos em seu ministério, nunca caindo na rotina. Este sermão mostra que ele dava muitas exortações, além de demonstrar que ele suportava as dificuldades da vida, explicando por quê. Vemos também nesta mensagem que Paulo via o poder de Deus, assim como nós também devemos ver, em maneiras aqui apresentadas.
Culto de Ensino

Oposição ao Evangelho

Atos 19.23
Através da pregação, o Evangelho se espalhou poderosamente a partir de Éfeso. Sem corais, cantores, bandas, entretenimento ou pregadores dramáticos, muitos foram salvos. Este sermão nos apresenta a triste insensatez da oposição (tal como na atualidade), bem como vislumbres da coragem e modéstia do apóstolo Paulo, um exemplo de instrumentalidade a ser seguido.
Culto Evangelístico

Nossa resistência a Deus

Apocalipse 3.20
Neste sermão Cristo nos convida a considerar as necessidades da alma, a ver nossa situação espiritual e nossa necessidade dele. Eis aqui apresentadas as razões pelas quais trancamos a porta do coração para Ele e resistimos a todas as aproximações divinas. Este sermão também nos mostra a grandiosa experiência de entregar nossas vidas a Ele.
Culto de Ensino

Sinais da presença de Cristo na igreja

Atos 18.24
Igrejas genuínas e vivas manifestam os sinais de que Cristo está em ação, sinais estes que são mostrados nesta passagem – Cristo torna-se tudo para os crentes, a ofensa da cruz é conhecida, o temor a Deus está presente (juntamente com alegria), os crentes renunciam ao mundanismo e a Palavra prevalece. Por outro lado, igrejas mornas não apresentam nenhum desses sinais.
Culto Evangelístico

Deus cumpre Suas promessas

2 Corintios 1.20
A Bíblia é um livro de promessas. Elas são o prelúdio de Deus para as nossas almas, apontando a porta de saída de uma vida de alienação em relação a Deus e de um estado de morte espiritual, instigando-nos a algo infinitamente melhor. Eis apresentadas neste sermão as promessas de Deus e a maneira em que Ele as cumpre.
Culto de Ensino

Providências reveladas

Atos 18.1
Em Corinto, grandes encorajamentos foram repetidamente dados a Paulo e seus companheiros missionários, tal como acontece com todos os fiéis servos de Deus. Primeiramente vemos sua firmeza, em seguida vemos a provisão de trabalho, casa, companheiros na obra, de um lugar para culto, de certeza e (em Corinto) de um período especial sem atos de violência.
Culto Evangelístico

Expandindo o seu conceito de vida

2 Corintios 5.7
Muitos pensam que o cristianismo proporciona um conceito limitado e rigoroso da vida quando, na verdade, é a visão materialista que lhes impõe uma jaula limitante. Este sermão apresenta um conceito imensamente mais vasto, que vem a partir do ouvir da Palavra de Deus, bem como o que significa conhecer-Lhe e prová-Lo.
Culto de Ensino

As penalidades do orgulho

Atos 17.16-34
Atenas, onde o orgulho no aprendizado e na cultura incapacitava a capacidade de apreender a verdade; onde o orgulho desdenhava um Deus supremo; Onde o orgulho se recusava a se arrepender; E onde o orgulho exibia sua maior obstinação. Aqui a graça foi largamente retida, e a cidade dos ídolos ficou em seu "poder".
Culto Evangelístico

O Raciocínio Mais Elevado da Fé

Josué 2.1
Raabe de Jericó tipifica a viagem de muitos que leva do materialismo à fé. Uma prostituta começou a raciocinar, aqui está como, e veio se encontrar com Deus. De sua experiência, aqui está a maneira de se aproximar de Deus para o perdão e nova vida.